Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
19 de Maio de 2017 às 07h00min
Resolução proíbe oficialmente celular e tereré nas escolas estaduais de MS
São 116 artigos relacionados à conduta de alunos, professores e membros da coordenação e direção
Midiamax

A SED (Secretaria Estadual de Educação) publicou no DOE (Diário Oficial do Estado), desta quinta-feira (18), a resolução número 3.280 que disciplina o Regimento Escolar das escolas da Rede Estadual de Ensino de Mato Grosso do Sul. São 116 artigos relacionados à conduta de alunos, professores e membros da coordenação e direção.

O artigo 82 trata das proibições aos estudantes. São 21 artigos e entre eles, o uso de celular, pager, rádios e outros aparelhos eletrônicos capazes de produzir sons e ruídos em sala de aula, quando não utilizados para fins pedagógicos. Já o artigo 3 cita: “trazer e tomar tereré no ambiente escolar”. A proibição já constava na resolução anterior da SED.

De acordo com alunos da rede estadual, a regra não é tão rígida assim. Os alunos do Ensino Médio de uma escola na região norte de Campo Grande, dizem que não podem tomar a bebida típica na sala de aula, mas no intervalo, não há proibição.

Entre as outras proibições estão a utilização da internet para denegrir a imagem da comunidade escolar ou dos seus funcionários, além de uso de drogas e bebidas alcoólicas. Uma mudança, é com relação ao artigo que trata do uniforme, que além da proibição de descaracterização do uniforme, foi acrescido de "portar-se com roupas impróprias para o ambiente escolar".

Veja a resolução completa na página 4 do DOE desta quarta-feira.

Art.82. É proibido ao estudante:

I- entrar em sala de aula ou dela sair sem permissão do professor;

( Foto: Divulgação )

II- uso de celular, Pager, rádios e outros aparelhos eletrônicos capazes de produzir sons e ruídos em sala de aula, quando não utilizados para fins pedagógicos;

III- trazer e tomar tereré no ambiente escolar;
IV – utilizar, sem a devida autorização, materiais e objetos de terceiros;

V- fumar neste ambiente escolar;

VI- ausentar-se durante o período de aula, sem autorização;

VII- desperdiçar materiais de uso comum que pertencem à escola;

VIII- acompanhar ou incentivar a presença de pessoas estranhas nas dependências desta escola;

IX- descaracterizar a camiseta do uniforme e portar-se com roupas impróprias para o ambiente escolar;

X- apresentar-se sob efeito de bebidas alcoólicas ou substâncias que produzam dependência física ou psíquica;

XI- promover eventos de qualquer natureza, sem a devida autorização da direção escolar;

XII- formar grupos com o fim de promover algazarra, e incitar os colegas a atos de rebeldia e movimentos contra normas regimentais;

XIII- desacatar os integrantes desta escola;

XIV- causar danos materiais e depredação ao patrimônio público;

XV- afrontar ou agredir professores, colegas ou demais funcionários com ofensas e agressões causando-lhes danos morais ou físicos;

XVI- portar livros, impressos, gravuras ou escritos que represente perigo para sua integridade moral ou de outrem, XVII- utilizar a internet para denegrir a imagem da comunidade escolar ou dos seus funcionários.

XVIII – agredir fisicamente colegas, professores ou demais funcionários no ambiente escolar;

XIX - rasurar ou falsificar qualquer documento escolar;

XX – portar objetos cortantes, fogos de artifício, armas, explosivos de qualquer natureza, e outros objetos estranhos às atividades escolares, que prejudiquem o processo de ensino e de aprendizagem e que possam causar acidentes pessoais;

XXI – consumir ou manusear quaisquer tipos de drogas nas dependências do estabelecimento de ensino.

Com relação às proibições ao corpo doente, é proibido entre outros, tratar em sala de aula de outros assuntos alheios ao que leciona; preencher todo o tempo de aula com ditado de conteúdo, com filmes não articulados aos conteúdos estudados, atividades improvisadas sem objetivos definidos, sejam elas quais forem; dar conhecimento aos estudantes das questões objetos de testes e demais avaliações antes de sua aplicação; usar critérios fraudulentos nas provas e outros trabalhos destinados à avaliação e fazer uso do telefone celular em período demasiadamente longo para tratar de assunto particular durante o horário de expediente, bem como em sala de aula.


 
Notícias Recentes
Frio retorna na segunda e mínima deve baixar de 8ºC
Classificação final do processo seletivo da Câmara de Jateí
Posto de Coleta do IBGE se Instalara em Glória de Dourados no Antigo Prédio da Tributação.
Em parceria com Sindicato Rural e SENAR, Conviver inicia curso de Informatica básica, em Glória de Dourados
Inscrições do processo seletivo da Câmara terminam nesta sexta feira em Jateí
Governo do Estado atende solicitação do prefeito Aristeu Nantes e dos nove vereadores e Maquinas da AGESUL já estão trabalhando no município.
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet