Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
30 de Maio de 2018 às 14h38min
Petrobras anuncia aumento no preço da gasolina nas refinarias a partir desta quinta feira
O reajuste acontece em um momento crítico, em que os postos ainda enfrentam uma crise de abastecimento.
Extra

Mal a greve dos caminhoneiros arrefeceu em todo o país, a Petrobras anunciou um novo reajuste no preço da gasolina nas refinarias, a partir desta quinta-feira, dia 31. Segundo a estatal, o combustível tipo A vai subir de R$ 1,9526 para R$ 1,9671 (valor sem tributos). O reajuste equivale a 0,74%.

O preço do diesel será mantido em R$ 2,1016, como determina o acordo firmado entre o governo federal e os caminhoneiros, para o encerramento da greve da categoria.

O novo aumento da gasolina ocorrerá dois dias depois de a estatal ter reduzido, pela quinta vez consecutiva, o preço do litro da gasolina A nas refinarias. Nesta terça-feira, dia 29, o valor do combustível havia caído de R$ 2,0096 para R$ 1,9526. Essa redução no preço da gasolina nas refinarias tinha representado uma queda de 2,83%.

O reajuste acontece em um momento crítico, em que os postos ainda enfrentam uma crise de abastecimento. Apenas 20% dos estabelecimentos do município do Rio receberam gasolina e etanol até a noite desta terça-feira. A informação é do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Lubrificantes e de Lojas de Conveniência do Município do Rio de Janeiro (Sindcomb).

Motoristas formam filas para abastecer em todos os cantos. O litro da gasolina chega a custar R$ 5,29, na capital fluminense. Muitos caminhões carregados de combustíveis ainda deixam as refinarias escoltados. E a previsão é que a situação só volte à normalidade no fim de semana.

Política será mantida, garante governo federal

A Presidência da República divulgou uma nota, nesta quarta-feira, na qual afirma que o governo continuará “a preservar” a política de preços da Petrobras. Em entrevista transmitida na noite desta terça-feira, o presidente Michel Temer havia sinalizado que o governo poderia mexer na forma como a estatal estabelece os preços dos combustíveis.


 
Notícias Recentes
Governo decide manter começo do horário de verão em 4 de novembro
MS e MT alinham projetos para desenvolvimento de energia fotovoltaica
Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco
Trabalhadores com menos de 60 anos deixam de sacar R$ 63 milhões do PIS
Receita envia carta para 383 mil contribuintes corrigirem declaração
Governo federal confirma início do horário de verão para 4 de novembro
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet