Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
30 de Agosto de 2018 às 09h30min
NOVA ANDRADINA: Estudantes do IFMS fecham MS-473
Eles querem pavimentação até o IFMS.
Nova Noticias


          Protesto na MS-473 n amanhã desta quinta-feira.Foto: Marcos Donzeli

Um grupo de alunos que estudam no IFMS (Instituto Federal do MS), cumpriu a promessa e desde as 06horas da manhã desta quinta-feira interditaram a MS-473, próximo a cemitério de Nova Andradina.

O trecho liga o perímetro urbano de Nova Andradina ao IFMS, distante da cidade 23 quilômetros e os bairros Laranjal. Papagaio e São Bento.

No local onde os alunos estão concentrados, apenas veículos com carga viva e ambulâncias estão passando.

Conforme apurou o Nova Noticias, um dos motivos da paralisação é cobrar o governo do estado par que cumpra a promessa feita e pavimente a rodovia MS-473, principalmente que da acesso ao IFMS.

Versão do governo

Por decisão judicial, Estado está impedido de pavimentar a MS-473

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul diante da reivindicação dos acadêmicos do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) esclarece que está impedido, por decisão judicial, de executar a obra de pavimentação da rodovia MS-473, no município de Nova Andradina. A referida via é alvo de inquérito civil instaurado pelo Ministério Público Estadual (MPE), em meados de 2016, para apuração de supostos crimes contra a gestão anterior do Estado por desvios de recursos na execução de obras.

Por esta razão, conforme nota de esclarecimento expedida pela Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), o Estado aguarda a conclusão de perícias técnicas que farão parte do inquérito para licitar a pavimentação da rodovia. Um dos trechos previstos no projeto, de 23 km, atenderá diretamente a comunidade acadêmica do campus do IFMS.

“Por conta da perícia judicial – explica a Agesul – e considerando que a realização da pavimentação irá descaracterizar completamente a rodovia objeto dos autos, o que pode impactar sensivelmente no curso da ação judicial, o Governo do Estado está impedido de dar sequência à licitação para contratação da pavimentação reivindicada (pela comunidade acadêmica)”.

A Agesul ainda informa que já existe processo administrativo desde 2016 para licitação e execução da obra. Sensível à questão e às reivindicações dos alunos do IFMS, o Estado enviou diversos expedientes ao MP/MS e ao Judiciário, questionando quanto a celeridade na realização da perícia, sem a qual, conforme justificativa, não será possível deflagrar o processo licitatória da obra.

Fonte: Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

 

Veículos com carga viva estão liberados.Foto: Marcos Donzeli

 


 
Notícias Recentes
Solenidade: Time de Futsal de Porto Vilma foi homenageado no Legislativo pelo Vereador Professor Givaldo
Vereador Edmilson Prates apresentou novas indicações pedindo redutores de velocidades em Deodápolis
Vereador Edmilson pediu via indicação, redutor de velocidades em frente ao Conselho Tutelar
Presidente do Legislativo, Márcio Teles apresentou indicação solicitando cascalhamento nos Jardins Europa, Eldorado 1 e 2 e Itália 1 e 2
Hospital diz que Bolsonaro terá que fazer nova cirurgia
Vereadores pediram poda dos ‘espinheiros’ em rua que dá acesso ao Santa Terezinha em Deodápolis
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet