Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
25 de Julho de 2017 às 14h17min
Hernanes diz que precisa atualizar o software, mas já faz a primeira profecia

Gazeta Press

“Desculpem, mas algumas palavras estão vindo ainda. Tem que atualizar o software”, brincou Hernanes após gaguejar repetidamente por lhe faltar a palavra desejada durante sua coletiva de imprensa no CT da Barra Funda. Nessa terça, o volante de 32 anos foi apresentado oficialmente como novo reforço do São Paulo. Foram sete anos desde sua saída do clube que o formou para o futebol rumo à Europa. Os últimos meses foram na China e, por isso, Hernanes, desde sexta na terra natal, ainda sofre com o fuso-horário e até com o vocabulário. O bom humor, no entanto, segue intacto. “Costumo dizer que a nossa vida, a vida de jogador, é uma sucessiva sucessão de sucessões que se sucedem sucessivamente”, disse, aos risos.

Antes mesmo de seu primeiro treino com os novos companheiros, o ex-atleta da Seleção Brasileira já tem toda a documentação normalizada e pode fazer sua estreia nesse sábado, diante do Botafogo, no Rio. A escalação ainda é uma incógnita, mas a primeira profecia do “Profeta Hernanes”, como ficou conhecido em sua primeira passagem pelo tricolor, já foi feita.

“O que eu posso dizer é que vamos nos salvar. Não sei se agora ou mais para frente, mas vamos nos salvar”, avisou, convicto e explicativo. “O torcedor compareceu, a demonstração de força que veio da arquibancada, e o time, principalmente no segundo tempo, lutando diante de todas as possibilidades contra um time fortíssimo como o Grêmio. Isso, para mim, são sinais de que o segundo semestre será mais positivo”.

Lutar contra o rebaixamento é uma novidade para o novo, e talvez principal, reforço do São Paulo nessa temporada. Bicampeão Brasileiro com a equipe em 2007 e 2008, o dono da camisa 15 a partir de agora, a mesma utilizada na campanha do Tri, quando também acabou eleito o craque do campeonato, admitiu que a situação incomoda.

“Eu não acompanhava de perto o São Paulo por causa do fuso horário, mas sempre acompanhava a classificação, a tabela, e quando eu vi o São Paulo chegando perto da zona de rebaixamento, eu disse: não pode estar ali, não é o lugar do São Paulo. Mexeu comigo. Nesse momento o objetivo é sair da zona do rebaixamento, não tem que pensar em outra coisa. Tem que focar nisso”, enfatizou.

Nesse período longe do clube que se tornou ídolo, Hernanes passou por Lazio, Internazionale e Juventus, antes de se transferir para o Hebei Chuna Fortune. Foram apenas sete jogos em 2017, com um gol marcado. Por isso, o jogador aproveitou seu retorno ao Brasil para explicar o que influenciou na sua queda de rendimento nos últimos meses.

“Eu estava na Juventus, antes de ir para China. Chegou um momento que eu não estava mais contente, porque estava jogando em uma posição muito mais recuada. Foi legal porque consegui jogar a Liga dos Campeões e não só participar, mas depois eu fiquei não sendo aproveitando e jogando em uma posição em que eu não estava feliz. Eu queria sair, apareceu o São Paulo (em janeiro) e a China. Fui pensando na possibilidade de voltar a jogar e na minha posição. Quando cheguei lá, as coisas se restringiram bastante, porque mudaram as regras, ficou muito reduzido o espaço (para estrangeiros), e o treinador queria me recuar de novo. Eu falei para ele que não fazia sentido eu jogar naquela posição, então, fechei as portas”, comentou, sem se mostrar arrependido.

Apesar da desconfiança inevitável sobre o que pode apresentar em campo, Hernanes garante estar bem técnica e fisicamente. Além de provar isso a todos os torcedores e dirigentes do São Paulo, Hernanes não esconde que espera mostrar para si que ainda pode ser importante.

“A vida é feita de ciclos. Sete anos é um ciclo é interessante. Na bíblia diz que você contratava um escravo e sete anos depois você dava liberdade para ele. Eu quero me surpreender em termos de performance e atuação. Quero provar para mim mesmo, porque me sinto muito bem. Quero me surpreender. Quero recomeçar a atingir objetivos que eu ainda não atingi”, revelou, antes de frustrar os jornalistas ao avisar que não divulgaria quais objetivos pessoais seriam esses.


 
Notícias Recentes
São Paulo bate recorde de rodadas dentro da zona de rebaixamento
Flamengo bate o Botafogo no Maracanã e vai à final da Copa do Brasil
Jô marca no fim, Corinthians vence a Chape e abre dez pontos na frente
Sul-mato-grossense, ex-jogador de futebol, peão vence final em Barretos, leva R$ 80 mil e representa o Brasil em Las Vegas
São Paulo empata com Avaí e volta para zona de rebaixamento
Chapecada; Palmeiras estreia camisa com revés contra Chapecoense e sai vaiado
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet