Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
20 de Julho de 2018 às 14h14min
Funcionário esfaqueia patrão, mulher e criança de 11 anos
Uma das vítimas está em estado grave
Thatiana Melo e Mariana Rodrigues - Midiamax

 

 
 
Um rapaz de 22 anos esfaqueou três pessoas da mesma família, sendo um casal, de 30 e 36 anos, e uma criança de 11 anos, na noite desta quinta-feira (19), no bairro Campo Nobre, em Campo Grande.
 
Segundo a Polícia Civil, por volta das 19 horas, o rapaz, que trabalhava para a vítima como auxiliar de manutenção, estava em frente ao portão da casa conversando com o patrão. Estavam no local a esposa da vítima e a criança.
 
Momentos depois, a mulher entrou para fazer o jantar, deixando o marido, que é mecânico, e o filho na companhia do rapaz. Após entrar, ela ouviu gritos de socorro e voltou para ver o que estava acontecendo. Foi então que ela viu o companheiro ferido no pescoço por um golpe de faca.
 
O auxiliar de manutenção ainda a esfaqueou no pescoço e também feriu a criança de 11 anos, quase decepando sua orelha. Em seguida ele fugiu do local e é procurado pela polícia.
 
Mesmo ferido, o mecânico conseguiu chegar até uma conveniência perto de sua casa para pedir ajuda. Populares socorreram as vítimas, que foram levadas para a Santa Casa.
 
O mecânico está internado em estado grave na Santa Casa, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sedado e entubado. A mulher da vítima já recebeu alta junto do filho, que levou pontos de sutura na orelha.
 
Um vizinho de 47 anos contou ao Jornal Midiamax, que  o autor seria primo da vítima e que teria vindo para Campo Grande para trabalhar com o mecânico há aproximadamente 2 anos. Segundo ele, a vítima pedia a todo o momento para não deixarem ele morrer.
 
 

 


 
Notícias Recentes
Homem come garnizé do vizinho e acaba morto a pauladas
Colisão frontal mata motorista de 57 anos e deixa oito feridos na BR-262
VÍDEO: Quatro assaltantes invadem supermercado e fogem com dinheiro
Homem morre após colisão de carro e moto na MS-276 em Ivinhema
Condenado por estupro em Tocantins foi preso em Deodápolis pela Força Tática
Movimento nacional busca aumentar pena para feminicídio
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet