Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
06 de Junho de 2018 às 08h58min
Casal preso em Fátima do Sul participava de quadrilha ligada ao tráfico de armas e drogas
PF cumpriu mandado de busca e prisão na manhã desta terça-feira (5) em Fátima do Sul.
Siliga News

 

 
Polícia Federal apreende munições de fuzil e desarticula organização criminosa especializada em tráfico internacional de drogas e munições (Foto: Ribero Júnior / SiligaNews)
 
O casal preso na manhã desta terça-feira (5) em Fátima do Sul por policiais da Policia Federal faziam parte de uma quadrilha, especializada em tráfico de armas, drogas e munições.
 
 
 
 
 
(Foto: Divulgação / PF)
 
Segundo a Superintendência Regional da Polícia Federal em Mato Grosso do Sul, na manhã  desta terça (5) foi deflagrada "Operação Fura 556", para combater uma organização criminosa que agia no tráfico internacional de drogas e munições. Ainda conforme a PF, o esquema criminoso consistia na obtenção de entorpecentes e armamentos em território paraguaio, a arregimentação de transportadores (também conhecidos por "mulas") para o transporte dos produtos ilícitos para o Espírito Santo e a Região Nordeste.
 
No transcorrer das investigações foram apreendidos entorpecentes em Recife (PE). Já manhã de hoje, policiais federais apreenderam uma carabina semiautomática calibre 22, munições de diversos calibres, inclusive de fuzil 5.56mm e de pistola 9 mm. Foi preso ainda, uma prensa utilizada para a formação de tabletes de maconha e mais R$ 70 mil em dinheiro.
 
Aproximadamente 20 Policiais Federais cumpriram 4 Mandados de Prisão Preventiva e 4 Mandados de Busca e Apreensão, nas cidades de Fátima do Sul, onde um casal foi preso ainda no inicio da manhã desta terça-feira (5). A operação também ocorreu nas cidades de Dourados e Guarapari (ES). Os crimes investigados e desarticulados são o tráfico internacional de armas e de entorpecentes, falsificação de documentos e formação de organização criminosa.
 
O nome da Operação faz referência à forma como os integrantes da Organização Criminosa faziam referência aos fuzis 5.56, ou seja, "FURA 556".
 
O nome dos envolvidos não foi divulgado pela Policia Federal.

 


 
Notícias Recentes
Carro é alvejado com 40 tiros e duas pessoas morrem em frente ao estádio do Mangueirão
Estudante brasileira morta na fronteira foi torturada e estuprada
DEODÁPOLIS: DOF prende homem com arma de fogo, droga e munições
PMA de Bataguassu desmonta acampamento de caça e apreende jacaré abatido, munições e peça de arma
Mãe vai defender filha grávida e é espancada por genro com chutes no rosto
Três são presos após estupro coletivo de adolescente de 16 anos em casa noturna de MS
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet