Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
10 de Outubro de 2018 às 08h08min
Arma na urna e incitação à violência: operação da PF apura crimes eleitorais em três estados
Agentes cumprem mandados de busca e apreensão em São Paulo, Paraná e Sergipe
O Globo

Internauta publicou e apagou foto com arma em cima de urna eletrônica Foto: Reprodução/TWITTER

BRASÍLIA - A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira uma operação para coibir crimes eleitorais. Em três frentes, a PF está fazendo ações de busca e apreensão no Paraná, em São Paulo e em Sergipe. Segundo a polícia, a investigação tenta verificar responsáveis por vídeos que circularam nas redes sociais no dia da votação em primeiro turno.

 
"Os investigados poderão responder, no caso do Estado do Paraná, pelos crimes de violação de sigilo do voto e porte ilegal de arma; e no caso do Estados de Sergipe e São Paulo pela incitação de crime contra candidatos", diz a nota da PF.
 
Um dos alvos é homem no Paraná que fez vídeo usando arma ao lado da urna eletrônica. Outro em Sergipe gravou vídeo incitando o assassinato do candidato Jair Bolsonaro. O terceiro, em São Paulo, gravou vídeo dizendo que quem não vota no político do PSL tem que ser estuprado. Não há pedido de prisão, apenas busca e apreensão.
 
A investigação faz parte do trabalho do Centro Integrado de Comando e Controle Eleitoral – CICCE/2018, em Brasília.
 
A legislação eleitoral é clara: "Fica vedado portar aparelho de telefonia celular, máquinas fotográficas e filmadoras, dentro da cabina de votação", mas alguns eleitores não só desrespeitaram a regra, como aproveitaram para exibir o voto e as armas.
 

 
Notícias Recentes
IVINHEMA: PM prende homem após agredir esposa e estuprar sogra
Busca por arma leva polícia a descobrir esquema de falsificação de documentos
Madrugada sangrenta: em oito horas, quatro homens são assassinados em Campo Grande
Caminhoneiro bate em traseira de carreta perde controle e morre ao cair em barranco
Dois são presos em Nova Andradina com droga que saiu de Dourados
Homem foi preso em flagrante após roubar celulares de duas vitimas em Deodápolis
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet