Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
10 de Abril de 2018 às 15h06min
Após vandalismo, associação diz que não vai tolerar judiciário maculado; fato aconteceu em Dourados
A calçada também foi marcada com a frase ‘Lula Livre’ e até a estátua da deusa Têmis acabou manchada pela tintura.
Dourados News

        Estátua ficou completamente manchada de tinta - Crédito: Vinícios Araújo 

 A Amamsul (Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul), emitiu nota na tarde desta segunda-feira (9/4) repudiando a ação de vândalos que mancharam as paredes do Fórum de Dourados com tinta vermelha. O caso teria ocorrido pela madruigada. 

Conforme a Associação, as decisões do Poder Judiciário não gozam de coloração partidária ou ideológica. Na semana passada, a Justiça expediu ordem de prisão contra o ex-presidente Lula após o STF (Supremo Tribunal Federal) negar o pedido de Habeas Corpus de sua defesa. 

Ele foi condenado a 12 anos um mês lavagem de dinheiro e corrupção passiva. 

A calçada também foi marcada com a frase ‘Lula Livre’ e até a estátua da deusa Têmis acabou manchada pela tintura.

Ainda em seu posicionamento a Amamsul diz que não vai tolerar que a imagem da Justiça seja maculada. 

"Qualquer parte ou terceiro interessado tem o direito de questionar as decisões através dos meios legais, mas jamais será tolerada ação que venha macular a imagem do Poder Judiciário e de seus membros, nem tampouco que possam, de alguma forma, causar dano ao patrimônio público", diz trecho da nota. 

Veja a nota:

A Associação dos Magistrados de Mato Grosso do Sul (AMAMSUL), pela presente, manifesta seu total repúdio a conduta de terceiros em manchar as paredes do fórum da Comarca de Dourados com tinta vermelha.
 
As decisões do Poder Judiciário são, pela Constituição Federal, tomadas com base na lei e devidamente fundamentadas, não gozando de coloração partidária ou ideológica! 

Qualquer parte ou terceiro interessado tem o direito de questionar as decisões através dos meios legais, mas jamais será tolerada ação que venha macular a imagem do Poder Judiciário e de seus membros, nem tampouco que possam, de alguma forma, causar dano ao patrimônio público. 

Assim, ao mesmo tempo que a AMAMSUL reafirma seu apoio e total confiança na magistratura brasileira, ressalta a importância do respeito às instituições nacionais, sobretudo ao Poder Judiciário, responsável pela manutenção da ordem e do Estado de Direito! 


 
Notícias Recentes
Adolescente diz que apanhou da mãe ao se rebelar contra estupros de padrasto
Descarga elétrica mata aproximadamente 50 bovinos da raça Angus em propriedade rural de Brasilândia
Acidente registrado por volta das 13h50, na MS-376 entre Fátima do Sul e Vicentina deixou um rapaz morto.
Adolescente é encontrado baleado na rua e morre no HV
GM prende rapaz com drogas e bloqueadores de sinal
Grupo preso com dinheiro falso tem preventiva decretada
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet