Untitled Document
 
 
E-mail: adautodias@msn.com
 
 
 
13 de Dezembro de 2017 às 17h53min
Achou o IPVA caro demais? Confira como recorrer do valor em MS
O valor só fica atrás de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo; os três estados cobram 4%. O mais barato é o do Espírito Santo, que recolhe 1% do valor do carro.
Anny Malagolini e Mariana Lopes / Midiamax

A alíquota do IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos) cobrada em Mato Grosso do Sul varia de 2% a 3,5% do valor venal do veículo, é considerada uma das mais caras do País. A boa notícia é que os contribuintes em desacordo com a cobrança podem contestar o valor.

Tomando por base a tabela Fipe (Fundação Instituto de Pesquisa Econômica), o IPVA de um Fiat Mobi Easy 1.0, um dos carros zero km mais barato do Brasil, tabelado a R$ 29.762,00, em Mato Grosso do Sul o tributo custará R$ 971,67 – mesma quantia cobrada no Distrito Federal.

O valor só fica atrás de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo; os três estados cobram 4%. O mais barato é o do Espírito Santo, que recolhe 1% do valor do carro.

A Agência de Fazenda que o proprietário de automóvel em desacordo com a cobrança pode procurar as agências fazendárias (Agenfas), mas a o governo não informou quais são os prazos para solicitar a revisão e qual o tempo limite para entregar a decisão. Em São Paulo, por exemplo, o governo do estado criou uma lei que autoriza a redução do imposto, por ocasião de queda dos valores médios dos veículos.

Saiba como calcular o IPVA

Para calcular é preciso multiplicar o valor venal do automóvel, como um chevrolet Onix Joy 1.0 zero km, de R$ 37.215,00, pela alíquota. Como em Mato Grosso do Sul é 30%, o total será R$ 1.063,28.

Para ciclomotor, motocicleta, triciclo, quadriciclo, caminhão com qualquer capacidade de carga, ônibus ou micro-ônibus para transporte coletivo de passageiros, as alíquotas são de 2%. Para automóveis de oito lugares movidos a diesel, a alíquota fica em 4,5%.

No caso dos frotistas – que possuem mais de 30 veículos – a alíquota é de 1,5% para motos; 2% para automóveis, carros de passeio e utilitários; 3% para automóveis de oito lugares movidos a diesel; e 1% para caminhões e ônibus.

O estado do Mato Grosso do Sul tem cerca de 855 mil veículos que devem realizar o pagamento do tributo, sendo que 480 mil são automóveis e utilitários, 342 mil motocicletas e os 30 mil restantes são compostos por ônibus e caminhões.

Confira o valor das alíquotas nos demais estados brasileiros:

 

 

Acre - 1% para os veículos automotores, inclusive motocicletas e os ciclomotores, 2% para os veículos de passeio e 1% também para os veículos de transporte público de passageiros.

Alagoas: 1% para ônibus, micro-ônibus, caminhões, aeronaves e embarcações, 2% é o valor para motocicletas e similares, caminhonetes e similares ficam com 2,5%, os restantes dos veículos ficaram com um calculo de alíquota no valor de 2,5%. Estão isentos de pagar o IPVA Alagoas os veículos com mais de 20 anos de fabricação.

Amazonas: Os valores das alíquotas são: 3% para os automóveis, caminhonetes, embarcações recreativas e até mesmo esportivas, além disso, aeronaves não comerciais. A taxa de 1.5% é para ônibus, micro-ônibus, caminhões, motocicletas e similares.

Amapá: s valores das alíquotas no estado do Amapá são bastante simples, confira as mesmas: 3% para todos os veículos utilitários e 1,5% para ônibus, caminhões e motocicletas. Estão isentos de pagar o IPVA Amapá os veículos com mais de 15 anos.

Bahia: O valor do IPVA BA irá variar de acordo com o valor de sue carro, além disso, os preços das alíquotas variam de 1% a 6% sobre o valor de seu carro.Estão isentos de pagar o IPVA Bahia os veículos com mais de 15 anos de fabricação.

DF: Saiba que a taxa de 1% ficará para os veículos de carga, 2% será a taxa para motocicletas e similares e 3% será a taxa para automóveis como caminhonetes, carros e utilitários. Estão isentos de pagar o IPVA Distrito Federal os veículos com mais de 15 anos de fabricação.

Espirito Santo: os valores das alíquotas do estado do Espírito Santo: 2% para carros, caminhonetes, embarcações e aeronaves, 1% para motos, caminhões, ônibus, micro-ônibus e ciclomotores.

Goiás: Os valores das alíquotas são: 1,25% para ônibus, micro-ônibus e também para os caminhões. A taxa de 2,5% fica para os automóveis de até 100 cilindradas e motocicletas, 3,45% é o valor da alíquota para caminhonetes e utilitários, além disso, 3,75% é o valor para os automóveis acima de 1.000 cilindradas.

Maranhão: No estado do Maranhão os valores das alíquotas são: 1% para os ônibus, micro-ônibus, caminhões e cavalo mecânico, 1,5% para as aeronaves, 2% destinado para motocicletas e similares, já a taxa de 2,5% é destinado para os automóveis e veículos que não foram incluídos nas alíquotas acima.

Minas Gerais: O valor do IPVA para o estado de Minas Gerais gira em torno do valor das alíquotas. Saiba que 4% das alíquotas são o valor para se calcular automóveis de uso misto e utilitário, 3% fica para caminhonetes de carga e furgões, 2% para automóveis de uso público como, por exemplo, taxis. O valor de 2% de alíquotas também é destinados as motocicletas e derivados e 1% para os veículos locadores, ou seja, pessoa jurídica.

Mato Grosso: 1% para motos até 180 cilindradas, caminhões e ônibus;

2% para carros até 1.000 cilindradas;

2,5% para motos acima de 180 cilindradas;

3% para carros acima de mil cilindradas, caminhonetes e carros importados;

4% para carros de competição.

Pará: Os valores das alíquotas no estado do Pará são: 2,5% sobre o valor venal para carros e a taxa de 1% para os ônibus, micro-ônibus, tratores, motocicletas e também os caminhões.

Paraíba: Os valores das alíquotas são: 2% para veículos comerciais, leves e também as motos, 1% para os caminhões, ônibus, micro-ônibus, tratores e também as motocicletas.

Pernambuco: taxa de 2,5% para carros, 2% para as motos e 1% para ônibus e caminhões. Já os veículos automotores que possuírem mais de 15 anos o valor fixo fica cerca de R$ 35,00 para as motos, e aproximadamente R$ 55,00 para os demais veículos automotores.

Piaui: Os valores das alíquotas no estado do Piauí são: 1% para os caminhões e ônibus, 2% para os veículos utilitários e motos de até 180 cilindradas e a taxa de 3% é para os demais veículos.

Paraná: a taxa da alíquota que é cobrada pelo IPVA do Paraná gira em torno de 1% e podendo chegar a 6%, além disso, também será levado em conta o valor de seu automóvel para que seja feito o orçamento do seu IPVA PR, por isso, não podemos afirmar um valor exato do IPVA para os que residem no estado do Paraná.

Rio Grande do Norte: As alíquotas no estado do Rio Grande do Norte são: 1% para ônibus, caminhões, cavalos mecânicos e veículo com uma capacidade igual ou superior a 3.500 kg. A taxa de 2% fica para as motos e similares que possuam até 200 cilindradas. Já a taxa de 2,5% fica para automóveis, caminhonetes, micro-ônibus, embarcações e demais veículos não incluídos nas alíquotas acima.

Rondonia: O valor das alíquotas no estado de Rondônia é: 1% para ônibus, micro-ônibus, caminhões, veículos aéreos ou aquáticos e similares, a taxa de 1% também vale para os veículos destinados a locação. Motocicletas, ciclomotor e similares com até 100 cilindradas terão uma taxa de 2%. Os veículos que não foram citados acima ficam com o valor da alíquota de 2,5%.

Roraima: Os valores das alíquotas no estado de Roraima são: 1% para os veículos destinados a locação, 2% é a taxa para as motos, caminhões, ônibus e utilitários, já a taxa de 3% é destinada aos automóveis.

Santa Catarina: As taxas são: 1% para veículos terrestres com duas ou três rodas e de transporte de carga ou passageiros; 2% é o valor para veículos terrestres de passeio; 1% para veículos de locação e 1% para as motos.

Sergipe: Os valores das alíquotas no estado de Sergipe são: 2% é o valor para automóveis, motocicletas e utilitários, já a taxa de 1% é para ônibus, micro-ônibus e caminhões.

Em alguns estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, o valor do IPVA varia de 1% a 6%.


 
Notícias Recentes
Termina nesta quinta prazo para sacar PIS/Pasep ano-base 2015
Por hora, contribuintes de MS pagam a média de R$ 2,4 milhões em impostos
Consumidores poderão aderir à tarifa branca a partir de janeiro
Achou o IPVA caro demais? Confira como recorrer do valor em MS
Aneel mantém bandeira tarifária vermelha em dezembro, mas adota patamar menor
Correios abrem PDV para cortar cinco mil vagas de empregos
   
 

2006 - 2012 © - Glória News - Todos os direitos reservados.
As notícias veiculadas nos blogs, colunas e artigos são de inteira responsabilidade dos autores.
Desenvolvido por: Ribero Design - tecnologia&internet